Uma dose de Gabito Nunes me traduzindo …

fevereiro 17, 2012

ESCOLHAS:

A partir de hoje, só o que for muito, muito leve, bonito e fácil. A grande maioria desiste. Eu, só estou abrindo mão. Concordo contigo, também aconteceu comigo: o meu coração partiu. Para outro lugar. – outro lugar

A REAL:

Você continua apto e aberto ao amor. A sede não seca. Se as coisas não aconteceram é porque não aconteceram. Pretensão sua achar que se fechou, que pode decidir, dirigir sua vida – voce nao se quebrou

EU:

Anda tão assustada com as pessoas, logo exausta de tudo, de juntar entulhos de construções mal-feitas. Não quer esperar mais nada da primavera. Nada de amores infinitos, laços presos, casórios, fusões, longas viagens, destinos imutáveis. 

Parece exagero, mas é que você, poxa vida, só você conseguiu pular o muro de dificuldades que levantei em volta de mim quando as palavras dor, saudade, ausência, falta e despedida fizeram de mim uma menina de lata. – Ficaí

Anúncios

Uma resposta to “Uma dose de Gabito Nunes me traduzindo …”

  1. Olá Thaiane, acabei de ler seu texto no blog das 30 pessoas “Para o mundo que eu quero descer” e me identifiquei e me apaixonei pela sua escrita. Vc não é a Rita Lee (não tem problema, eu tb não sou o Caetano), mas é a minha mais completa tradução. Ainda tem uma vaguinha para mais um fã por aqui?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: