312

fevereiro 1, 2011

É como se ela estivesse o tempo todo procurando o número da nossa casa. Às vezes na rua de cima, às vezes na rua de baixo. Às vezes ela está bem longe, e outras vezes muito, muito, muito perto. Nós nunca saberemos que horas ao certo ela vai chegar, tocar a campainha, e com sua longa roupa preta e seu cajado na mão, nos levará pra … vai saber!

Muito ruim sentir ela por perto,

só quero que ela vá embora sozinha dessa vez!

2 Respostas to “312”

  1. Chico said

    Que besteira é essa???

  2. Já foi. Ela já foi. Pode descansar agora.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: