Depois de muito tempo …

outubro 8, 2010

“Por tudo que eu andei e o tanto que faltar, não dá pra se prever nem o futuro, o escuro que se vê quem sabe pode iluminar os corações perdidos sobre o muro e o certo que eu não sei o que virá, só posso te pedir que nunca se leve tão a serio, nunca se deixe levar que a vida, a nossa vida passa e não há tempo pra desperdiçar.” [Lenine]

Tanta coisa na minha cabeça, e eu não consigo escrever e nem falar nada! Eu também acho que tem alguma coisa acontecendo nessa cidade, tá tudo realmente muito estranho! O clima não se define, as pessoas estão confusas, os corações desregulados e as camas estão cada vez mais aconchegantes, como a minha nao foge à regra: eu não tenho a menor vontade de sair dela!

“Só eu sei que nem todo o ar do mundo supre a falta do ar de dentro.”
[Pedro Augusto – POETA]
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: