LUTAREMOS …

agosto 15, 2010

“Eu te desejo não parar tão cedo, pois toda idade tem prazer e medo.” [Frejat]

Estou dia a dia tentando entender a complexidade que as almas trazem consigo quando nascem! Uma pessoa nasce forte, preparada pra essa vida miseravel, aguenta os trancos e caminha se equilibrando em fios, sempre feliz! E existem outras que nao aguentam nem a primeira perda, que ao menor sinal de perigo e ameaça estão se escondendo debaixo das cobertas, com as janelas fechadas e o som alto pra nao escutar os barulhos infernais que o mundo faz! Ando por ai divertindo gente e tentando ler nos seus olhos as razões pra serem como são! Se muita gente por ai atribui essa responsabilidade de formação aos pais primeiros que não deram base suficiente pra essa pessoa aguentar as grandes barras da vida, eu na minha cabeça quase oca, acredito que cada um carrega dentro de si um dispositivo de força que confere a nós mesmos a escolha de acioná-los ou nao! Ninguem poderá fazer isso por nós, a nossa cota de felicidade e tristeza só nós mesmos podemos preencher! Cada um deve acordar e fazer a própria escolha: HOJE EU ESCOLHO SER FELIZ! Os obstáculos vão surgir aqui e ali a todo momento, e ora vão até nos derrubar, mas devemos repetir pra nós mesmos, como um mantra, a escolha inicial do nosso dia: eu escolho ser feliz apesar de todas as coisas! Se em muitos momentos somos sacaneados pela vida, se perdemos quem amamos e eventualmente o peso parece bem maior do que podemos suportar, eu acrerdito que o troco tenha que vir de cima! Ser feliz e espalhar a felicidade é o melhor jeito de sacanear quem nos fez mal! E não é pagando com a mesma moeda que vamos encontrar forças pra suportar o que a vida tem de ruim, não é devolvendo murro, não é se trancando no quarto, não é sendo uma pessoa ruim que vamos devolver a rasteira da vida! Fazendo isso, estamos apenas dando razão de que a vida é mesmo uma merda e nao vale a pena estar aqui! E se realmente não temos escolha de estar aqui, se nascemos sem consciência e fomos jogados no mundo, então façamos dessa passagem algo positivo, façamos da nossa historia um bom livro para as futuras gerações. Mesmo que tudo isso fique muito no vazio, mesmo que nao tenhamos a certeza do “depois”, mesmo que nada faça sentido na nossa cabeça, eu ficarei feliz se depois que eu me for eu descobrir que tudo o que eu fiz de bom nessa vida proporcionou momentos de felicidade às outras pessoas. E me sentirei uma miserável se alguma das minhas atitudes fizeram pessoas sofrerem e desejarem coisas ruins a si mesmos e aos outros! Então lutarei, e se possível LUTAREMOS, todos os dias para plantarmos frutos bons que alimentem de esperança e AMOR aqueles que desse fruto se alimentarem! Façamos isso, e se o universo nunca nos compensar por isso, não teremos perdido nada, e ainda teremos plantado uma árvore do bem no meio do coração de um monte de gente!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: