Nas alturas …

julho 31, 2010

Deve ter alguma coisa oculta no que eu senti em cima do telhado que construi segunda-feira passada. Foi algo como o maior sentimento de liberdade que ja experimentei na vida. Eu poderia ficar ali, esperar a noite cair, olhar as estrelas e observar a lua branca, cheia de si! O mundo todo cabia em meu coração, e aquele telhado podia ficar aberto pra mim pro resto da vida, e eu subiria lá todas as vezes que eu precisasse sentir aquilo de novo! Obrigada por estar lá comigo, obrigada por ter entendido o quão importante era eu estar ali nas alturas, mais perto de Deus, mais perto do resto do universo, mais perto – talvez – do meu pai, e obrigada pela companhia que não podia ter sido melhor!

“E o que passou, calou
E o que virá, que dirá
E só ao seu lado
Seu telhado
Me faz feliz de novo”
[Marisa Monte – Pra ser sincero]
Anúncios

Uma resposta to “Nas alturas …”

  1. Temos tantos telhados de vidro, que precisamos muito nos agarrar a um de concreto bem firme, de onde possamos ver todas as estrelas… Quero um assim pra mim também!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: