Como um mutante …

julho 4, 2010

… no fundo sempre sozinho, seguindo o meu caminho!”

1º Fomos contruir a casa na Comunidade de Suzano e foi incrível. Construímos num brejo e estava cheio de lama, foi muito dificil fixar o piso pra casa nao ceder depois! A Patrícia, dona da casa, estava grávida de 9 meses, e demos um lar pra ela ter o pequeno Samuel num lugar menos pior do que o barraco de 2×3 onde ela morava com mais dois filhos, com os pés na terra e a chuva entrando todas as vezes. O Samuel nasceu na madrugada de sexta pra sábado, está cheio de saúde e iremos pintar a casa e visitá-los no sábado! Meu coração está muito ansioso e cheio de felicidade por fazer parte dessa melhora na vida deles! No final de Julho vamos rumo à maior construção que o TETO já fez. Serão 100 casas de uma vez só, 5 dias de construção, mais de 800 voluntários. Serei líder de equipe e isso está me deixando com borboletas no estômago, como há muito não ficava!

2º No meu trabalho as coisas andam um tanto quanto estranhas. Um clima hostil e frágil ronda a minha mesa. Não me sinto a vontade com nenhuma pessoa lá dentro. Cumpro meu horário rigorosamente, minhas obrigações, e vou embora sem nenhum tipo de vontade de ficar um pouco mais, por ninguem. Se antes eu dizia que tinha uma galera na agência, hoje sei que tenho BONS e DIVERTIDOS colegas de trabalho, e já não conto com eles pra muita coisa. Um almoço divertido aqui, outro ali, e só. Dia 19 eu saio de férias, e rezo pra que quando eu voltar, minha mesa ainda seja minha e esteja a minha espera!

3° Morar num lugar tão tão distante tem suas vantagens. Eu me escondo do mundo facilmente, não me importo com o que está acontecendo do lado de fora da minha janela, e serve de desculpa para recusar um convite aqui ou outro ali (mesmo que na maioria das vezes seja verdade que eu nao terei como voltar). Morar com a minha mãe, e assumindo quase um papel de filha única é bom também. Tenho sido ligeiramente mimada, como nao fui antes. Tenho tido boas conversas com ela, e nosso laço de amizade tem ficado mais estreito, como era antes! É bom … apesar da minha mae ser maluca, louca de pedra mesmo, ela é uma pessoa linda e que me faz muito bem, tem me dado muita atenção e umas broncas homéricas, por motivos tão engraçados!

4º Sinto uma saudade e uma inveja imensa de vocês que antes eram meu dia a dia, e hoje sao uma quarta ou uma terça feira. Mesmo tendo consciencia de que as coisas e as relaçoes tem data pra começar e terminar na nossa vida, fica dificil me acostumar que o mundo continua girando por ai, e peças estão sendo substituidas nesse cenário que se faz minha vida! A temporada é outra, o público mudou, e os atores tiveram que ser substituídos. Só você, protagonista da sua própria vida, é que ficou a mesma! De vez em quando estamos juntos, é é tão bom, mas já nao como era antes! Mas é bom de qualquer jeito, só que agora o jeito é outro!

5º Coração ta vazio, e querendo ficar assim! Tenho preenchido meu pequeno ser latente com planos para 2011. Sei que nao é hora de pensar em ninguem, nem achar ninguem pra ocupar minha cabeça. Podemos beijar na boca, podemos trocar carícias e podemos fazer planos mais pra frente. Agora quero saber de estudar, trabalhar e me dedicar à ONG. O amor … ele saberá esperar!

E é isso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: