Coragem …

junho 10, 2010

“Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar de remar também.” [C.F.A]

Eu ensaiei mil vezes no espelho esse texto mal escrito, com palavras clichês que eu espero quem te toquem lá no coração e faça um estrago ai. Eu quis que no final de todas as noites você tivesse puxado esse assunto sem eu ter que vir aqui dizer essas coisas. Eu estava pensando durante todas essas noites que esse momento teria que chegar e eu nao estava preparada. Mas sempre vai dar no mesmo, porque tem algumas coisas que não adiantam, nós nunca vamos estar preparados. Então, com essa trilha sonora (mela cueca) e com essa roupa que eu escolhi especialmente pra hoje, e esse brilho nos olhos pra te comover, eu vou começar o meu discurso, e se você não tiver nada pra acrescentar, pra concordar ou discordar, me deixe ir embora com um abraço e o melhor beijo de todos os tempos.

Eu quero te falar que todo esse tempo foi incrível. Que ter te conhecido e deixado você invadir a minha história com todos esses estrondos foi a decisão mais sábia que eu ja tomei. Quero te falar que o brilho nos seus olhos vão iluminar as minhas noites enquanto você estiver longe e o quente do seu abraço vai derreter essa geleira que se forma quando você se vai – mesmo que seja até a padaria. Quero te dizer que não tem nome, cor ou gosto – essa coisa que eu sinto – é isso, assim simples, e enorme. Me ouça chorar de saudade na distância e me mande um CD novo pelo correio pra aumentar a nossa trilha sonora. Queria pedir pra você anotar meu skype e me ajudar a comprar uma web cam MUITO boa pra que eu possa te ver bem. Me deixe uma meia sua – aquela que eu gosto – pois vou pendurá-la em cima da minha cama. Me mande postais, fotos e cheiros. Me ligue no natal, no aniversário e todos os outros dias. E, por favor, me escute, essa é a parte mais importante: volte! Volte assim que possivel, me traga esse sorriso, essa voz, essas costas. Me traga um presente, uma mini Torre Eiffel pra eu colocar na cômoda. Me traga um livro, um perfume e nao esqueça daquele presente que eu tanto desejo: você mesmo inteiro pra mim!

[É pra ele, que ocupa seu coração, seu pensamento e que incorpora o seu travesseiro no meio da noite]

Uma resposta to “Coragem …”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: