Verdade …

maio 31, 2010

Tudo muito confuso. Muito confuso. É bizarro perceber como cada pessoa é dono de sua verdade completa e não há o que se discutir quando o assunto é vivência, experiência e opnião sentimental. Sexta feira depois de muito chorar e insistir numa tristeza que não deveria existir, ouvi minha mãe dizer: “Isso é o que você pensa por causa das coisas que você já viveu, mas ele não passou pelas mesmas coisas, ele passou por outras, e por isso pensa diferente”. Mas eu podia jurar que eu estava completamente certa. E se eu nao estou certa, ele está? Nada disso! Eu estou certa sim, e devo aplicar essa certeza na minha vida. E ele tambem está certo e está tentando aplicar a verdade dele na vida dele, tenho que respeitar isso, e irei! Me desculpa por invadir seu espaço, e insistir em te tirar do seu caminho, da sua estrada. É que na minha verdade, eu realmente acho que perder tempo aqui na Terra não estando do lado de quem nos faz tão bem, nao vale a pena! E acredite ou nao, eu queria estar presente na sua vida … de uma forma diferente da que você deseja, mas eu gostaria! E é isso o que eu penso …

Anúncios

Uma resposta to “Verdade …”

  1. Demorei pra perceber a beleza dessa música, talvez só na terceira vez que a escutei. E então entendi a crueldade do silêncio, a dor da ausência de comunicação e o que é o amor mais puro, aquele que não depende de exibicionismos. O Arnaldo é foda! Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: