Saudade …

maio 6, 2010

“a saudade não se mede pelo tempo da ausência, mas pela intensidade da presença.

no discurso amoroso, ela se esconde em letras e canções de uma determinada época. aparece quando cruzo com alguém que usa o mesmo perfume. habita pequenos fatos cotidianos, que geralmente passariam despercebidos, mas com você faria todo sentido.

quando acomete, tem urgência. é o coração querendo retornar. para lugares que talvez nem existam mais. para planos que desistimos. ou que desistiram da gente.

mas continuo elaborando novos planos e crio mundos com minhas expectativas. a saudade é a distância entre eu e como eu gostaria de estar.”


texto: tiago yonamine

____________ O.0 ___________

E pensar que tudo que eu mais quero na minha vida é esquecer você. É esquecer que tudo isso aconteceu. É fazer essa história ficar pequenininha diante dos meus olhos. E tudo que eu ando conseguindo ultimamente é me enganar durante umas 15 horas por dia, o restante do tempo eu passo me matando de saudades!

O que fazer?


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: