março 2, 2010

“De que me serve meu potencial de macho se ele só me enfraquece?”

O verão passou e a cabeça está a mil. Inferno astral ta por aqui também fazendo sua festa! Quando o frio chega fica inevitável não pensar em uma lareira, um vinho, você e o “outro” comendo queijinhos e rindo de alguma coisa que pro resto do mundo não faria o menor sentido! Mas não é você e esse outro nem existe!

Fico eu querendo que o jogo vire, que você me olhe na hora do almoço e se toque que seria bom se (?), que você apareça no meu celular na sexta a noite e me chame pra ir pra qualquer lugar. Fico eu querendo que você descubra que eu não sou tão macho assim, que na verdade eu sou uma menininha cheia de cicatrizes e marcas profundas e que preciso de um macho de verdade pra acariciar minhas cicatrizes. Estou aqui esperando que numa noite bem fria você se encontre com um seu carente e que lembre que eu quero estar com você.

Ser o homem da relação ficou pra trás, ou pra mais tarde. Agora eu to querendo ser a mocinha. Quando, onde, com quem?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: