Depois de você …

julho 20, 2009

“Você não existe. Eu não existo. Mas estou tão poderoso na minha sede que inventei você para matar a minha sede imensa. Você está tao forte na sua fragilidade que inventou a mim para matar a sua sede exata. Nos inventamos um ao outro porque éramos tudo o que precisávamos, para continuar vivendo. E porque nos inventamos, eu te confiro poder sobre o meu destino e você me confere poder sobre o teu destino. Você me dá o seu futuro, eu te ofereço meu passado. Então é assim somos presente, passado e futuro. Tempo infinito num só, esse é o eterno.” [Caio Fernando Abreu]

 

OQAAACeP3TAn3XHPjnn5_yunyy9sL127sHhEFBQK-V-qBPKqfq5_riDMoBsioNPGnqzByw0YZ9-XwcemMfvHrXtyPCoAm1T1UEcW_htFBmsRoFGElcwOzU3aNM_r

“E se realmente gostarem? Se o toque do outro de repente for bom?”

4 Respostas to “Depois de você …”

  1. Lu said

    Lindo!!!!
    Se realmente se gostarem, e não houver desvios entre eles, eles ficam juntos e felizes para sempre.

  2. A pergunta final era o que eu temia.
    E se não for melhor assim? E se for uma enganação, ilusão?
    Não tenho como saber.
    Mas e se vc estiver feliz?
    É o que importa pra eu te apoiar, sempre.

  3. (...) said

    Eu já passo meus dias contando as horas para te ver novamente.
    Beijos Eternos!

  4. pedro said

    sugar never ever was so sweet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: